Se você é um amante do futebol, como imaginamos que seja apenas por estar nesse blog, deve já ter ficado abismado diante de um placar improvável. E ter pensado: “Esse time teve sorte”.

Normal. Acreditar cegamente na imprevisibilidade do futebol é o senso comum. Afinal, quantas palavras e expressões existem no futebol para justificar o extraordinário? Deu Zebra? Azarão? É uma caixinha de surpresas?

Mas o que aconteceria se dissermos que não existe sorte no futebol? E sim, projeção matemática?

O seu mundo ia cair? Bom, fique tranquilo. O futebol é um esporte maravilhoso justamente pela sua imprevisibilidade. Sempre vai existir um fator sorte. Isso nunca vai mudar.

O que mudou foram os avanços dos conhecimento, da tecnologia, da análise, coleta e medição de dados performáticos dos jogadores através de GPS.

A matemática explica o futebol. E hoje em dia, isso pode ser comprovado numericamente. E mais: os números podem mudar o rumo de uma partida inteira.

Curioso?

Vamos contar um pouco sobre como funciona a análise de dados performáticos no futebol.

Análise de dados performáticos no futebol: O que é isso?

20 de março de 2016. Estádio do Bessa, na cidade do Porto, Portugal. No acréscimo de dois minutos de partida, o Benfica faz um gol em cima do Boavista e ganha o campeonato.

Enquanto uns pensaram o tradicional “sorte”, o treinador responsável pela preparação física dos jogadores pensou: “Matemática”.

Paulo Morão utilizava os dados dos jogadores para montar os treinos, substituir ou manter um jogador em campo. Todo futebolista tem uma base numérica. Os dados permitem quantificar os indicadores e ajudar na tomada de decisão.

Acontece em Portugal, na Espanha, na Inglaterra e na Alemanha. A análise de desempenho é uma área consolidada há muitos anos no futebol europeu. A parte boa é que aos poucos, está chegando por aqui também.

A figura do analista de desempenho anda despontando nos times. Qual a sua função? Primeiro, observar os quatro momentos do jogo (defesa, ataque, transição ofensiva e defensiva).

Depois, analisar os princípios e fundamentos do futebol de forma coletiva e individual e buscar identificar padrões de comportamentos das variações nas equipes adversárias.

Essas análises são feitas de duas formas:

Qualitativa: Análise de vídeos para entender claramente a dinâmica ocorrida no jogo e o comportamento das equipes. Justamente porque é possível analisar passo a passo através de imagens de tudo o que aconteceu em uma partida.

Quantitativa: Diz respeito aos números em si. Ou seja, transforma as ações ocorridas em uma partida em dados estatísticos de cada jogador. Tanto individualmente quanto do time inteiro.

Por que apostar na análise de dados no futebol

Na Europa, os departamentos de análise de desempenho dos clube são mais estruturados do que os que encontramos por aqui. Lá existem três pilares: análise da própria equipe, análise dos adversários e captação de atletas.

No futebol de hoje, é essencial que existam profissionais que realizam esse tipo de análise nos clubes. Permite reconhecer as características da sua própria equipe e dos adversários.

Afinal, como escreveu Sun Tzu na A Arte da Guerra: Conheça seu inimigo e conheça a si mesmo e em 100 batalhas, nenhuma oferecerá perigo”.

Não estamos falando de copiar os clubes europeus.

E sim, reconhecer a importância que esse trabalho possui dentro do futebol. E de que forma auxilia o time nos resultados esportivos.

Algo muito importante nesse contexto são as tecnologias disponíveis no mercado para que os profissionais possam realizar esse trabalho.

Hoje em dia, a análise de dados no futebol ajuda a dissecar uma partida.  

Transforma-se os dados brutos em números e gráficos que possam verdadeiramente auxiliar os analistas e treinadores a descobrirem o que fez o time vencer – ou perder.

A cada dia surgem mais analistas de desempenho nos clubes brasileiros.

O ideal seria que cada clube tivesse a sua própria área estruturada, com condições para desenvolver trabalho mais aprofundado no futebol – com um maior número de profissionais envolvidos.

Como a tendência é que um número maior de clubes partam para a gestão profissional no futebol brasileiro (ainda que seja lenta), é natural que a área de análise de desempenho também tenha sua importância cada dia mais consolidada por aqui.

E o Joga+ veio para incentivar isso.

Acompanhe nosso blog e esteja cada dia mais por dentro da análise de dados dos times!