Desgaste físico, falta de condicionamento, cansaço, estresse, desconcentração… Essas são algumas das causas para seu rendimento não ter sido tão interessante na última partida de futebol.

 Você terminou o jogo com a língua para fora? Percebeu que a corrida atrás da bola não foi a mesma? Notou que o gol está tornando-se cada dia mais distante a cada jogo?

 Os usuários do Joga+, por exemplo, possuem uma maior conscientização do seu próprio desempenho, a cada jogo, devido a nota atribuída no final.

 Essa média é calculada em cima de alguns dados, como distância percorrida e resistência física. Reflete diretamente o rendimento dentro das quatro linhas.

 Identificou-se com as situações acima? Suas notas estão baixas?

Talvez seja a hora de ouvir seu corpo e entender o que está acontecendo. Todos esses indícios apontam um grande desgaste físico.

 Para diminuir o desgaste físico, confira essas dicas. É uma forma de diminuir o cansaço, aumentar a sua nota e aprimorar seu desempenho em campo.

Como aumentar minha nota no Joga+ e evitar o desgaste?

#1 Redobre os cuidados com a alimentação

Uma boa alimentação é um dos fatores determinantes para um ótimo rendimento dentro de campo. Ter refeições balanceadas e hábitos saudáveis são fundamentais para um bom desempenho em campo.

Antes do treino procure ingerir carboidratos, ou sucos e vitaminas com leite de soja ou arroz.

 Isso fornecerá energia para os músculos visando as atividades físicas seguintes. O ideal é tomar ou comer 30 minutos antes do treino.

Já no pós treino, a alimentação é outra. Agora as proteínas entram em campo, acompanhadas de iogurte ou uma saladinha de atum, por exemplo. Essas práticas ajudarão na recuperação e crescimento muscular.

Manter-se hidratado durante a atividade física é fundamental. Lembrando que é essencial consultar-se com um profissional.

 #2 Aqueça e alongue-se antes de TODAS as partidas

É normal pular essa etapa do treinamento. No entanto, é importante colocar na cabeça que tanto o aquecimento quanto o alongamento são essenciais para evitar lesões e dores no corpo após a partida.

Essas duas práticas preparam os músculos para as mais diversas ações dentro do campo de jogo. Existem diversos movimentos de alongamento indicados para antes do jogo e para depois.

Outras dica que está fazendo a cabeça dos boleiros e profissionais é utilizar o rolo de auto-massagem.

Os temidos rolinhos ajudam a liberar e diminuir a tensão nos tecidos que cobrem os músculos. Caso esteja pensando que essa massagem vai ser relaxante… ledo engano. Mas ajuda, pode confiar.

3# Varie os treinos

O sedentarismo é um principais fatores do conjunto destruidor de esgotamento mental e físico.

Nós já sabemos que você joga bola – então não é totalmente sedentário. Para aprimorar seu condicionamento físico, pratique os exercícios regularmente.

Caso faça algum treino complementar, como de musculação, procure variar os grupos musculares.

Se por acaso, um dia você trabalhou braços e costas, no dia seguinte, faça exercícios voltados aos membros inferiores. Assim, você irá estimular todas as regiões musculares, evitando lesões.

A ideia é que toda sua atividade física seja acompanhada por um profissional da área para te orientar sobre qual a melhor forma de exercitar-se e de corrigir sua postura, caso seja necessário.

Para finalizar, uma dica final: Não é lenda que você precisa dormir diariamente oito horas por dia. O corpo humano realmente precisa de descanso.

Trabalhe cada uma dessas dicas. E caso você não utiliza ainda o app Joga+, não perca mais tempo, baixe agora e voe em campo. A nota certamente vai ser melhor que a do Ronaldo Fenômeno na final da Copa de 2002.